Omelete de Legumes


para crianças a partir de 1 ano

3 ovos
legumes congelados (eu usei na receita cenoura, chuchu, beterraba, milho, brócolis e vagem)
folhas de manjericão picadinhas
óleo

Bata, ou melhor dizendo, misture os 3 ovos (se ficar batendo o omelete não vai ficar com a maciez desejada). Reserve.
Pique folhas de majericão e reserve.
Numa frigideira coloque um fiozinho de óleo (só pra dar uma untada) e refogue os legumes congelados (já foram pré-cozidos) por aproximadamente 3 minutos. Despeje os ovos batidos e acrescente o manjericão. Espere um pouquinho até as bordas do omelete começarem a desgrudar da frigideira. Com uma espátula vire com cuidado e deixe cozinhar mais um pouco. Aí é só esperar esfriar um pouquinho e servir.

Não usei sal. O manjericão deu conta do recado.



Praticidade, rapidez e uma refeição gostosa e completa nutricionalmente.
Esse preparo pode ficar mais prático ainda se você usar aqueles legumes congelados que vende em saquinhos no supermercado.
Por aqui costumo eu mesma preparar meus congelados (será o próximo post do Marmita).

No congelamento a perda de nutrientes não chega a ser significativa e pode conservar os legumes por até 3 meses no freezer!






 Neste omelete temos a proteína dos ovos e as vitaminas, minerais e fibras dos legumes. Se você acrescentar uma porção a mais de milho , que é fonte de carboidrato, a refeição fica completa. Porém, se ele for usado em pouca quantidade, você pode adicionar arroz ou quinoa para acrescentar carboidrato nesta refeição.



Os legumes contem diversos nutrientes: vitamina A, magnésio, cálcio, vitamina C, ferro, zinco.

A gema merece destaque: além de também ser fonte de proteína (tem quase a mesma quantidade que a clara), ela é rica em ácidos graxos essenciais, que atuam na produção de energia e no funcionamento do metabolismo, no desenvolvimento muscular, transporte do oxigênio e crescimento celular, além de regular funções nervosas e funções hormonais, ou seja, ações importantíssimas para um organismo em crescimento e desenvolvimento. É ainda rica em cálcio, fósforo, selênio, ácido fólico, vitamina A e colina.

A colina merece destaque: ela é fundamental para a formação de todos os neurônios e das membranas de células e de nervos, importante para a memória e para o desenvolvimento intelectual, em todas as idades, mas principalmente na infância, quando as funções cognitivas estão se consolidando.


Informações:
Flora Vieira 
Nutricionista Materno Infantil Consultora do Marmita Baby


VEJA OUTRAS RECEITAS

Compota de Manga e Banana