Feijão... Bolinhos de Feijão


Eu amava e tenho na memória o gosto saboroso do feijão que minha mãe preparava para mim e meus outros 10 irmãos e irmãs!!! Imagina só, ahahah. Mas isso é história pra outra hora.



A verdade é que o feijão é quase um integrante da família de todos nós se pensarmos que ele está presente diariamente nos pratos da população brasileira e que ele é um dos primeiros alimentos que seu filhinho certamente irá provar.
 
Ele já pode ser servido aos 6 meses na introdução dos alimentação complementar, bem amassadinho e claro, sem sal. Pode ser temperado com cebola, alho, tomate - sempre preferir orgânico, sem pele e sem sementes - e também ervas aromáticas como orégano, manjericão...

Agora, quando seu filho tiver 1 aninho você vai poder preparar pra ele deliciosos bolinhos de feijão.
É uma forma de variar e também dar uns updates (com couve, flocos de aveia).
- Tenho certeza que minha mãe iria adorar fazer bolinhos de feijão para seus 11 filhos.

Essa receita é de nossa amiga chef Ana Carolina Garcia, que é especialista em comida asiática mas que super topou marmitar pros nossos pequenos o brasileiríssimo feijão.

Bolinhos de Feijão
Servir para crianças a partir de 1 ano

- 500g feijão cozido e temperado (sem sal, temperado com cebola, tomate, manjericão)
- 1 ovo
- farinha de rosca
- 100g de couve bem picadinha (já refogada)
- salsinha, bem picadinha tbém
- 1 pitada de noz moscada

Preparo:

1. Amasse bem os grãos de feijão até formar uma massa uniforme.



2. Depois de bem amassado o feijão adicione 1 ovo (clara e gema), a couve, salsinha e a pitadinha de noz moscada




3. Misture tudo e coloque a farinha de rosca aos poucos até que a massa ganhe consistência e possa ser modelada.




4. Modele a massa em pequenas bolinhas e passe nos flocos de aveia para empanar. Coloque numa forma untada e leve ao forno, já pré aquecido e deixe por cerca de 30 a 40 minutos. O ponto é quando ficarem dourados.





>>> Aqui em casa, quando testei a receita, eu tinha flocos de aveia maiores, mas você pode usar flocos finos. Na verdade fiz duas opções, também empanei com a farinha de rosca que foi usada para dar consistência a massa.








Dicas: 

- quando for preparar o feijão, deixe-o de molho no mínimo por 3 horas (de preferencia de um dia para o outro) para reduzir o teor de enxofre presente no feijão, isso melhora a digestabilidade.
 

- coloque o suco de 1 limão junto com a água do molho. O limão ajuda o organismo a absorver o ferro do feijão.

- se você quiser serví-lo numa refeição, para ser um prato completo nutricionalmente, poderá adicionar junto com o bolinho, uma proteína ( carne ), um legume (abóbora ou cenoura para compor as cores no prato) e arroz. 

- você pode enriquecer a massa do bolinho usando biomassa de banana verde ou usar 100 gramas de arroz bem amassado substituindo 100 g de feijão
 



UM SUPER ALIMENTO

Todas as receitas aqui do Marmita passam pela nossa equipe de consultoria que fez um raio X do feijão. Olha só porque ele não pode ficar de fora da alimentação do seu filhinho.

- o feijão tem proteínas que atuam na função estrutural que é de extrema importância para o organismo que está sendo formado e crescendo.

- tem fibras solúveis e insolúveis. As solúveis ajudam no controle de glicose no sangue, reduzindo o risco de diabetes. As insolúveis são fundamentais para manter a saúde do trato gastrointestinal e previne de doenças cardiovasculares.

- o ferro é de fundamental importância para produção de energia celular e evita anemias.

- magnésio atua em diversos processos do organismo, desde a saúde óssea à redução de radicais livres e na saúde vascular.

- o cálcio é fundamental para saúde óssea e crescimento.

- a vitamina B1 é importante para o funcionamento desenvolvimento do sistema nervoso central.




Ah, também dá pra congelar (2 meses) os bolinhos empanados...praticidade para as mamães mais ocupadas.
Espero que gostem, aqui em casa foi aprovado!


Receita:
Chef Ana Carolina Garcia

Informações:
Flora Vieira 
Nutricionista Materno Infantil Consultora do Marmita Baby